CORONAVÍRUS

No Maranhão

568
353095
309592
10120
ESTELIONATO

Homem é preso suspeito de estelionato contra idosos no interior do Maranhão

A polícia encontrou mais de 70 cartões e extratos bancários no nome de diversas vítimas.

Foto:Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil cumpriu nessa quarta-feira (24), um mandado de prisão preventiva no município de Pedro do Rosário, contra um homem suspeito de estelionato no interior do Maranhão.

Durante o mandado de busca domiciliar na casa do suspeito, na cidade de Pinheiro, a polícia encontrou mais de 70 cartões e extratos bancários no nome de diversas vítimas. Além disso, foi localizado registros pessoais das vítimas e senhas bancárias.

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Segundo a polícia, o homem percorria as cidades se apresentando como agente autorizado de empréstimos bancários a aposentados e pensionistas.

De acordo com informações policiais, o suspeito se aproveitava das vítimas, que por muitas vezes eram idosas e analfabetas, e tinha acesso aos seus dados pessoais e cartões bancários. Em seguida, ele realizava empréstimos bancários no nome das vítimas. Todo o valor era depositado na sua conta pessoal ou de terceiros.

O homem ainda utilizava os dados pessoais das vítimas para abrir contas bancárias e realizar empréstimos. Além disso, instalava nos seus aparelhos celulares, aplicativos das instituições financeiras, onde tinha acesso aos dados das vítimas.

Foi identificado ainda pela polícia, que o homem mantinha uma empresa de sua propriedade com sede nas cidades de Pinheiro, Santa Helena, Zé Doca e Pedro do Rosário. Para a polícia, a prática dava uma sensação de segurança para as vítimas.

A polícia afirma o suspeito possui mais de 15 boletins de ocorrência contra ele, por crimes de estelionato praticados em São Luís. Junto com a decretação da prisão preventiva, a justiça também pediu o sequestro de todos seus bens e ativos financeiros.

Após ser preso, ele foi encaminhado ao Sistema Penitenciário do Maranhão, onde vai permanecer à disposição da justiça. As investigações continuam para tentar localizar outras vítimas do suspeito e outros envolvidos nos crimes praticados.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias