CORONAVÍRUS

No Maranhão

1046
62711
36970
1537
CORONAVÍRUS

São Luís tem 68% dos leitos de UTI para tratamento de Covid-19 ocupados

Ao todo, o Maranhão tem no total 474 leitos de UTI, desses 123 estão livres e 1.330 leitos clínicos, estando 732 livres em todo o estado.

Leitos de UTI destinado a pacientes diagnosticados com o novo coronavírus. Foto: Divulgação

Segundo dados divulgados no boletim da Secretaria de Estado da Saúde (SES), nesta terça-feira (16), o Maranhão tem queda no número de leitos de UTI ocupados. São Luís tem 68,75% de ocupação, Imperatriz 87% e as demais regiões 77%.

Também de acordo com o boletim, o número de leitos clínicos livres cresceu. A Ilha de São Luís tem apenas 25,4% de taxa de ocupação, enquanto Imperatriz tem 75,5% e as demais regiões 69,62%.

No total, o Maranhão tem 474 leitos de UTI, desses 123 estão livres e 1.330 leitos clínicos, estando 732 livres em todo o estado.

O boletim também informou que o Maranhão tem 62.711 casos confirmados e 1.537 mortes pelo vírus. Nas últimas 24h o estado registrou 38 novos óbitos e 2.119 novos casos de coronavírus, desses 63 são de São Luís, 184 de Imperatriz e 1872 nas demais regiões.

Dos mais de 62 mil confirmados, 36.970 já estão recuperados e 24.204 ainda estão ativos, desses 23.126 estão em isolamento domiciliar, 675 internados em enfermaria e 403 em leitos de UTI.

De acordo com informações da SES, 38 mortes aconteceram nas últimas 24h e foram registradas nas seguintes cidades: Santa Quitéria (1), São Mateus (1), Gonçalves Dias (1), Raposa (1), Cândido Mendes (1), Centro Novo do Maranhão (1), Cururupu (1), Rosário (1), Duque Bacelar (1), Guimarães (1), Coelho Neto (1), Pindaré Mirim (1), Maranhãozinho (1), Água Doce do Maranhão (1), Bom Jardim (1), Nina Rodrigues (1), Turiaçu (1), Pinheiro (3), Imperatriz (6) e São Luís (12).

A evolução do número de casos da síndrome respiratória aguda grave (SRAG) no estado continua em 19, estando presente na maioria dos casos o vírus da influenza B.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Notícia Boa
Checamos
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias