ECONOMIA

PIB brasileiro sobe 0,4% no segundo trimestre; mercado comemora

No período analisado pelo IBGE o PIB totalizou R$1,78 trilhão

Reprodução

O presidente Bolsonaro comemorou, em seu twitter, o crescimento de 0,4% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil. Os dados foram divulgados hoje (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No período analisado pelo IBGE o PIB totalizou R$ 1,78 trilhão. Na comparação com igual período de 2018, o PIB subiu 1,0%. O presidente afirmou que o governo está no caminho certo.

A estimativa de economistas era de um crescimento de 0,2% na comparação trimestral e de alta de 0,8% na comparação anual. No primeiro trimestre, a atividade econômica do Brasil tinha registrado baixa de 0,2% na comparação com o quarto trimestre do ano passado, tendo a primeira retração desde 2016.

No segundo trimestre de 2019, a taxa de investimento foi de 15,9% do PIB, acima da observada no mesmo período de 2018 (de 15,3%). Na comparação trimestral, a maior alta foi da indústria (de 0,7%), seguida de serviços (0,3%), enquanto a agropecuária teve queda de 0,4%. Ainda de acordo com os dados do IBGE, o crescimento na indústria se deve à expansão de 2% nas indústrias de transformação e de 1,9% na construção. Já as indústrias extrativas (-3,8%) e a atividade de eletricidade e gás, água, esgoto, atividades de gestão de resíduos (-0,7%) recuaram no período.

Em relação a despesa, a Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) avançou 3,2%, e o consumo das famílias subiu 0,3%. Já o consumo do governo recuou 1% no trimestre. Em relação ao setor externo, as exportações de bens e serviços caíram 1,6%, enquanto que as importações de bens e serviços cresceram 1% em relação ao primeiro trimestre de 2019.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias