Grupo de embaixadores árabes na capital maranhense visa acordos de cooperação em diversas áreas

O estabelecimento de importantes parcerias entre a Prefeitura de São Luís com o mundo árabe, em favor da capital, foi um dos temas que entraram na pauta da reunião do vice-prefeito, Julio Pinheiro, e secretários municipais, com um grupo de embaixadores árabes em missão à capital maranhense na última segunda-feira, 10. A visita dos diplomatas é uma etapa precursora a outra grande reunião que acontecerá em São Luís, na segunda quinzena de novembro deste ano, com a participação de embaixadores de todos os países árabes. Na ocasião, serão estabelecidas parcerias concretas em áreas como cultura, comércio, educação, tecnologia, agricultura, entre outras.

Na reunião com a comitiva de diplomatas, o vice-prefeito Júlio Pinheiro destacou a importância das parcerias institucionais e comerciais que poderão ser celebradas pela gestão do prefeito Edivaldo com os países em questão. “Nós já temos raízes profundas com o povo árabe, que influenciou na construção de nossa identidade também. Nada mais salutar que buscarmos o estreitamento das relações com esses países, em todas as áreas possíveis”, afirma o vice.

Entre os diplomatas árabes participantes da reunião estavam o embaixador do Estado da Palestina e decano do Conselho dos Embaixadores Árabes no Brasil, Ibrahim Alzeben; o embaixador da República Libanesa e vice-decano do Conselho dos Embaixadores Árabes no Brasil, Joseph Sayah; e o embaixador e vice-presidente de Relações Internacionais da Câmara Árabe, Osmar Chohfi. “É perceptível o desenvolvimento que São Luís conquistou nos últimos anos, o que nos estimula ainda mais a estabelecer esse estreitamento das relações entre a cidade e os países que representamos”, enfatiza o diplomata.

Entre os secretários presentes estavam, Pablo Rebouças (Governo), Socorro Araújo (Turismo), Moacir Feitosa (Educação), Tati Lima (Informação e Tecnologia), Nonato Chocolate (Agricultura, Pesca e Abastecimento), Andréia Lauande (Criança e Assistência Social), Marlon Botão (Cultura), o presidente da Fundação Municipal de Patrimônio Histórico, Aquiles Andrade, e o secretário estadual de Programas Especiais, Pierre Januário.

A secretária municipal de Articulação Institucional, Ana Paula Rodrigues, ressaltou a importância da reunião para firmar as parcerias para o encontro seguinte, no próximo mês, que será mais amplo. “Inicialmente, prospectamos o que é possível ser feito, delineando com maior precisão as parcerias que almejamos celebrar nos setores comerciais, educacionais, culturais, sociais e outros”, afirma a secretária, sobre os objetivos da aliança. “Queremos, inclusive, assinar novos acordos de cidades-irmãs com os países árabes participantes, para ampliarmos o leque de oportunidades de desenvolvimento nas áreas contempladas”, completa Ana Paula.

Outras cidades-irmãs de São Luís

A Prefeitura São Luís já mantém relações institucionais de cooperação mútua com outras cidades asiáticas, a exemplo da cidade chinesa de Wuhan e a vietnamita Hue, celebrados nas áreas da Educação, Esporte, Turismo, Cultura, entre outras. São Luís mantém ainda parcerias diplomáticas com cidades europeias, a exemplo da francesa Saint Malo e a cidade italiana de Tramonti, celebradas na área de transferência de experiências na gestão de resíduos sólidos.