Foto: Reprodução

O Fundo de Garantia do Tempo e Serviço (FGTS) irá dividir R$ 6, 23 bilhões em lucro a quase 91 milhões de trabalhadores brasileiros, que têm 258 milhões de contas ativas. O lucro refere-se ao ano 2017, e o depósito vai ser feito dia 31 de agosto.

O trabalhador receberá R$ 17,2 para cada R$ 1 mil de saldo na conta do FGTS.  Em média, o lucro vai representar R$ 38 por conta. O rendimento será de 1,72% em cima do saldo existente do dia 31 de dezembro.

O FGTS teve um total de R$ 12,46 bilhões de lucro. Na constituição, metade desse lucro deve ser dividido entre todos os trabalhadores. Em 2017 o FGTS distribuiu R$ 7,2 bilhões em lucro.

Quem sacou os recursos da conta antes do dia 31 de dezembro de 2017, não terá direito à divisão. Já quem sacou o saldo do FGTS em 2018 tem direito a divisão dos lucros de 2017, e poderá inclusive sacar o valor.

O valor do lucro que for depositado a partir do dia 31 de agosto poderá ser consultado pelo trabalhador no site da Caixa Econômica Federal