Centro de Ensino Pio XII

Protesto de estudantes bloqueia a Avenida dos Franceses

A manifestação começou por volta das 7h, em frente à porta da escola, e em seguida foi para a Avenida dos Franceses; Estudantes se sentem prejudicados com a falta de professores e estrtura danificada da escola

Estudantes do Centro de Ensino Pio XII fecharam a Avenida dos Franceses na manha desta terça-feira (29) em protesto pela falta de professores na instituição.

A manifestação começou por volta das 7h, em frente à porta da escola, e em seguida foi para a Avenida dos Franceses, nos proximidades na Secretaria de Estado de Segurança Pública, onde alunos interditaram, durante minutos, o trânsito para exigir melhorias.

Segundo os alunos, a escola localizada no bairro da Vila Palmeira, apresenta um déficit no quadro de professores, o que tem afetado o andamento e o cumprimento da carga horária de algumas turmas. Outra reclamação é quanto à estrutura da escola que, segundo os secundaristas, se encontra precária: nas salas, as cadeiras e a iluminação estão em grande parte danificadas; a merenda escolar não está sendo distribuída diariamente e os banheiros não possuem higiene adequada.

Estudantes do terceiro ano do Ensino Médio reclamam que com o atraso na carga horaria, podem não obter resultados satisfatórios no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), previsto para novembro.

Com os dois sentidos interditados de uma das principais avenidas que dão acesso ao Centro de São Luís, equipes de policiais e guardas municipais foram acionados para regularizar o trânsito, eu voltou a fluir normalmente após as 8h30 da manhã, com a desobstrução por parte dos alunos.

NOTA

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) informou que uma equipe técnica foi encaminhada para o CE Pio XII, desde o início da manhã desta terça-feira (29), realizando o remapeamento de professores do quadro da própria escola, para o atendimento de toda a carga horária necessária e reposição do conteúdo.

Em relação à merenda escolar, o cardápio é diversificado e atende às demandas nutricionais, definido por uma equipe de nutricionistas da secretaria para toda a rede estadual.

Quanto aos banheiros, a gestão da escola faz manutenção semestralmente, mas os próprios alunos danificam as instalações, assim como as carteiras escolares. A Seduc reforça que, em menos de um ano, a escola já recebeu mais de 200 novas carteiras para reposição de material danificado.

A Secretaria destaca, ainda, que o Centro de Ensino Pio XII, no bairro Vila Palmeira, passou por obras recentes de revitalização geral, que contemplaram serviços no telhado, instalações elétricas e hidráulicas, troca de aparelhos sanitários e acessórios, troca de portas, pintura da escola e limpeza geral do terreno. Além disso, a escola possui salas de aula amplas e climatizadas. O muro da escola, que havia caído, também foi recuperado.