ANALISE ESPORTIVA

TIRO LIVRE: Se cor­rer, o bi­cho pe­ga; se fi­car…

As notícias procedentes de Sorocaba dão conta que a equipe paulista entrará em campo com alguns reservas. Isso, no entanto, não significa, na prática, o enfrentamento de um grupo fácil de ser batido

(Foto: Divulgação / Sampaio Corrêa) ...

Amigos, falar o quê? O Sampaio eliminado da Série B do Brasileiro é quase uma certeza. Isso até ser confirmado 40 minutos antes da bola rolar hoje no Castelão, onde o Tricolor recebe o São Bento de Sorocaba. Basta um empate do CRB em Criciúma. Não precisará mais fazer conta alguma.

Antes de pensar no time alagoano, o Tricolor teria que se concentrar no adversário, o São Bento de Sorocaba, que já entra em campo classificado. Mas, não tem como ignorar o resultado do jogo das quatro da tarde.

Agora, do que adianta ficar contando com o fracasso do time alagoano se o Sampaio não conseguir mais uma vez vencer dentro de sua própria casa?

As notícias procedentes de Sorocaba dão conta que a equipe paulista entrará em campo com alguns reservas. Isso, no entanto, não significa, na prática, o enfrentamento de um grupo fácil de ser batido. Geralmente, nessas situações, quem tem uma oportunidade quer aproveitá-la para mostrar serviço e garantir a renovação de contrato para a temporada seguinte.

Se o CRB for derrotado, as esperanças continuarão vivas e o Sampaio terá de cumprir o dever de casa. Agora, se os comandados de Marcinho voltarem a mostrar as mesmas deficiências apresentadas nas últimas partidas, “não tem jeito que dê jeito”. Perderão,  de novo e darão adeus antes da rodada final da Segundona.

Oxalá possa o Tubarão continuar “respirando por aparelhos” até o fim desta competição em que teve todas as chances de estar e melhor situação e simplesmente fez uma de suas piores campanhas nesta Série B.

Situações opostas

A 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, deste sábado, pode render definições importantes. Com vaga já garantida na elite do futebol nacional, o Fortaleza tem a chance de conquistar o título, enquanto o Sampaio Corrêa pode ter o rebaixamento confirmado matematicamente. Ou seja, alegria do Tricolor do Pici, tristeza do Tricolor de São Pantaleão. O assunto foi destacado ontem pela Agência Futebol Interior, que faz ampla cobertura da Segundona. Tomara que o palpite não se concretize.

Em busca do acesso à elite do futebol brasileiro, o Avaí promete fazer o que for possível para adiar mais uma vez o título do Fortaleza. Com isso, só a vitória interessa ao clube catarinense na partida deste sábado, às 17h30, no Estádio da Ressacada, pela 35ª rodada da Série B.

Fortaleza x Avaí

O Fortaleza precisa de um simples empate hoje, em Florianópolis para carimbar o título que deixou escapar  no empate com o CSA na rodada anterior ao empatar em casa por 1 a 1. Defendendo uma invencibilidade de seis partidas, o Avaí não pode confirmar o acesso na rodada, mas pode deixá-lo muito próximo, já que ocupa a quarta colocação, com 57 pontos, contra 54 do Londrina e 53 da Ponte Preta, principais rivais na briga pelo G4. Com isso, só a vitória interessa ao clube catarinense na partida deste sábado, às 17h30, no Estádio da Ressacada.

Olho no lance!

Um outro jogo marcado para hoje é de interesse do Sampaio Corrêa. A partir das  20h30 (horário de Brasília), o Paysandu, que também está na luta para não ser rebaixado, joga fora de casa uma cartada decisiva contra o Guarani, em Campinas-SP.

Com 37 pontos, o Papão da  Curuzu ainda tem chances de sair da zona, mas o Bugre campineiro está desmotivado porque, com  apenas 50 não tem  mais condições de subir para a divisão de elite. Disso pode se aproveitar o bicolor marajoara para arrancar pelo menos mais um pontinho fora de casa.

Melhores do mundo

Os maranhenses Datinha e Adriele Rocha, dois atletas nascidos na cidade de Tutoia  estão na disputa para serem eleitos os melhores do planeta na modalidade, algo que nunca antes havia acontecido. A solenidade de premiação ocorrerá neste sábado (10), em Dubai.

Atual dono da camisa 10 da Seleção Brasileira de Beach Soccer, Datinha foi descoberto pelo técnico Chicão Castelo Branco durante etapas regionais do Campeonato Maranhense e tornou-se um dos mais importantes jogadores de beach soccer do mundo.

Na disputa de Melhor Jogadora de Beach Soccer Feminino, a maranhense Adriele Rocha figura entre as três finalistas. Assim como Datinha, Adriele surgiu para o beach soccer por meio das competições promovidas pela FMBS, que também tem investido em torneios femininos nos últimos anos.

Goleiros

Um dia após tomarem conhecimento do regulamento e tabela do Maranhense, Moto e Maranhão anunciaram os primeiros reforços.O Papão vai trazer o goleiro Rodolfo Castro, revelado no futebol mineiro, enquanto o Bode Gregório confirmou a volta de Rodrigo Ramos.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS