Reprodução

A ida dos maranhenses para a Bélgica começou em 1985. Com a inauguração do Estádio Castelão, inaugurado em 1982, nosso futebol experimentava uma fase de desenvolvimento do seu nível técnico. Apesar de investirem na contratação de jogadores procedentes de outros estados, os clubes começavam a dar mais atenção aos jovens talentos que surgiam tanto nas grandes, como nas pequenas e médias equipes que disputavam o campeonato estadual conquistado pelo Sampaio Corrêa, tendo com artilheiro da competição o gaúcho “Renato Cabeção” da equipe tricolor, com 15 gols marcados. Leia a matéria completa sobre Histórias de maranhenses que brilharam no futebol belga em nossa edição digital de hoje.

Veja os motivos nas próximas páginas

Próxima »1 / 5