SÃO LUÍS

Tribuna do Samba completa 6 anos com festa no Largo do Caroçudo

Nos últimos cinco anos diversos convidados locais e nacionais já passaram pelo Tribuna, a exemplo de sambistas do eixo Rio e São Paulo

Projeto do Conjunto de Samba Madrilenus tem festa especial de aniversário, neste domingo, na Madre Deus

Há 6 anos, um domingo por mês, a Madre Deus se transforma em uma grande roda de samba com o projeto Tribuna do Samba. Neste domingo 4, o projeto completa 6 anos com uma grande festa no Largo do Caroçudo, com diversos convidados.

Idealizado pelo Conjunto de Samba Madrilenus, o projeto começou com uma roda aberta de samba, na praça (rua) onde o grupo pudesse cantar e receber cantores para expressar o melhor do samba brasileiro. Desde então, vem colecionando noites agradáveis inspiradas nas batucadas que os grandes mestres da Madre Divina realizavam nos meados dos anos 70 e mais tarde no Samba Itinerante, quando comemoravam aniversários e festas de Santo na comunidade, como Festejo de São Sebastião e Festa do Divino Espírito Santo, na Casa das Minas.

“Esses seis anos só demonstra o quanto o projeto deu certo e o quanto a Madre Deus abraça o samba, seus compositores e seus artistas. O Tribuna do Samba, acontece uma vez por mês, no segundo domingo, e nesta edição, a partir das 17h, o evento vai ter uma programação especial com convidados, e muita surpresa, música boa e samba de qualidade. Lembrando que neste domingo é edição especial e no outro domingo, 11, tem Tribuna de novo”, afirma Boscotô, vocal e surdo do conjunto Madrilenus.

Nos últimos cinco anos diversos convidados locais e nacionais já passaram pelo Tribuna, a exemplo de sambistas do eixo Rio e São Paulo. O samba acontece no coração do bairro mais cultural de São Luís, a Madre Deus, no Largo do Caroçudo. Mas no início era realizado no quiosque vermelho do Buda e depois mudou para o quiosque verde do Sr. Gétulio.

O conjunto Madrilenus é formado por: Boscotô (surdo/voz), Junior Mamão (pandeiro), Maurício (Tan tan), Renan (bateria), Adão Camilo (Voz), Júlio Cunha (Violão 7), Gari do Cavaco (cavaquinho/Banjo), Robertinho Chinês (cavaquinho).

O Madrilenus, através do Projeto Tribuna do Samba, contribui para a inclusão cultural da comunidade de São Luís, fomentando a cultura ao preservar o trabalho dos artistas genuinamente maranhenses, e cumprindo seu papel de tratar a arte não só como diversão, mas acima de tudo, como instrumento motivador e transformador da sociedade.

O evento começa às 17h e a entrada é gratuita.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS