TEATRO

Orquestra de Violões em apresentação única no Teatro Arthur Azevedo

Orquestra une conhecimento e dedicação dos alunos do Curso de Música da Uema

Reprodução

A Orquestra de Violões da Universidade Estadual do Maranhão (Uema) e da Escola de Música do Estado do Maranhão Lilah Lisboa de Araújo (Emem) realiza no dia 07 de novembro de 2018, um concerto no Teatro Arthur Azevedo (TAA).

Com preços populares, os ingressos para todos os espaços da sala de espetáculo custam o valor único de R$20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada), podendo ser adquiridos na bilheteria do TAA e na Escola de Música, a partir do dia 01 de novembro (quinta-feira).

Sob a regência do professor da Emem e da Uema, Roberto Froes, o concerto terá inicio às 19h30 min. O repertório traz obras eruditas e populares, passeando por vários compositores brasileiros, latino-americanos e europeus.

A apresentação contará com estreia de repertórios inéditos de composições de integrantes do grupo, além da participação do maestro maranhense Joaquim Santos, nome de destaque na música nacional e local.

A trigésima segunda apresentação da temporada 2018 será um momento muito especial, já que é a primeira vez que a Orquestra tem uma pauta exclusiva no palco que é considerado um santuário para a classe artísticado Estado.

Sobre a orquestra de Violões

A orquestra de Violões da UEMA Emem é o resultado da fusão de dois grupos, a orquestra de violões da Emem, resultante de um trabalho iniciado no final dos anos 1990, e da Orquestra de Violões da Uema, existente há menos tempo, constituída a partir de projeto de Extensão do Curso de Música da Universidade Estadual do Maranhão (Uema).

Os componentes se uniram para divulgar o repertório composto por diversas obras para violão executadas na capital maranhense por ambos, colaborando mutuamente no compartilhamento de conhecimento, experiência e no incentivo para o estudo e a prática da performance violonística.

Para Roberto Froes, regente do grupo, juntar os componentes das duas orquestras trouxe resultados bastante positivos, pois “foi muito interessante unir o conhecimento técnico dos alunos da Emem com a sede de conhecimento e dedicação dos alunos do Curso de Música da Uema, assim como fomentar o interesse das pessoas em apreciar música instrumental, principalmente peças executadas no violão”.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS