EDUCAÇÃO

Aposta do governo maranhense, IEMA já tem mais de 1000 vagas preenchidas

A convcação para a primeira lista de excedentes será divulgadas na próxima terça-feira (15); as matrículas devem ser realizadas entre os dias 16 e 18 de janeiro

Unidade Plena do IEMA no Centro de São Luís. (Foto: Divulgação/Ascom)

A Secretaria de Educação disponibilizou 1.260 vagas os alunos do ensino médio cursarem no Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão, conhecido como IEMA. O projeto é das apostas do Governo do Maranhão para a pasta. No total, 1.033 alunos cumpriram todos os requisitos descritos no edital e já estão matriculados. Restam 227 vagas para os candidatos excedentes, que conseguiram essa oportunidade pela desclassificação de alguns candidatos que omitiram documentação ou faltaram com a verdade nas informações anexadas no site do processo seletivo.

Para o preenchimento total, o Instituto divulgará a primeira lista de excedentes e fará a convocação deles na próxima terça-feira (15). As matrículas serão realizadas do dia 16 a 18 deste mês. Se após essa convocação ainda houverem vagas, o IEMA convocará os demais excedentes no dia 22 se janeiro, com posterior matrícula do dia 23 a 25. As convocações serão realizadas por meio do site www.iema.ma.gov.br.

Veja Também

OPORTUNIDADE

“Concluir o ensino médio técnico no IEMA significa muito em minha vida. Uma mensagem que deixo aos estudantes que passaram no seletivo é que agarrem a oportunidade pois, hoje, depois de todas as experiências que vivi no IEMA, sinto que sou protagonista da minha vida, e me sinto seguro para crescer, e o céu é o limite, só tenho a agradecer ao IEMA”. O depoimento é do estudante Caio Emanuel de Lima, formado em Mineração pela unidade plena do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) do município de Bacabeira.

A oportunidade que teve Caio Emanuel de Lima é o que esperam centenas de adolescentes que, acompanhados de seus responsáveis, se dirigiram às unidades plenas do IEMA localizadas nos municípios de Axixá, Bacabeira, Brejo, Cururupu, Matões, Pindaré-Mirim Timon e as de São Luís (Centro) e Itaqui-Bacanga para realizarem suas matrículas.

Os estudantes matriculados vão cursar, a partir do semestre letivo de 2019, o ensino médio integrado ao técnico em tempo integral. De acordo com o reitor do IEMA, Jhonatan Almada, os novos alunos podem esperar mais oportunidades.

“Apresentamos a diretriz educacional para 2019, as coisas que deram certo vão continuar e serão fortalecidas. Já existe a tutoria dos estudantes que é um marco no modelo pedagógico; agora, nós criamos uma mentoria pedagógica para os professores, para que eles aprendam, entre eles, e com professores de referência nas áreas do conhecimento de outros lugares”, explicou o reitor.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS