INVESTIMENTO

Dicas para não passar aperto na hora da matrícula escolar

Planejamento é a palavra-chave para começar 2019 com tranquilidade em relação ao futuro dos filhos

Reprodução

Planejar os gastos com antecedência é essencial para não desequilibrar as finanças, principalmente para quem tem filhos em idade escolar. Sem dúvidas, a educação é uma das maiores preocupações para os pais, pois está ligado diretamente ao futuro deles.

Com a chegada de setembro, já é sim, hora de pensar em matrícula escolar. Para se ter um planejamento assertiva, é preciso saber o quanto esse investimento na educação dos filhos representa dentro do orçamento. O ideal é a família se reunir para diagnosticar as finanças, colocar tudo na ponta do lápis e, caso necessário, cortar gastos.

Além disso, outros valores além da matrícula e mensalidade devem ser considerados, ou seja, aqueles que são intrínsecos à rotina escolar como uniforme, lanche, eventuais passeios, transporte, entre outras despesas. A compra de material escolar também é uma preocupação grande no início do ano, portanto verifique o que poderá ser reaproveitado para poder economizar em Janeiro.

Caso a situação não esteja favorável após esse verdadeiro Raio X das finanças, não tenha medo de negociar e pedir descontos, pois isso faz parte do nosso cotidiano e na educação dos filhos não poderia ser diferente. Muitas pessoas evitam pedir descontos e deixam de economizar para manter um certo status ou até mesmo por timidez.

Mas como fazer isso? O doutor em educação financeira e presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin), Reinaldo Domingos, dá as dicas:

Primeiro passo é agendar uma reunião com a diretoria da escola e expor a situação. Explique que está passando por algumas limitações financeiras e, para não pesar no orçamento, veja a possibilidade de parcelar o valor da matrícula, evitando assim contrair dívidas ou até se tornar inadimplente. Quanto mais cedo for essa conversa, mais chance de ter sucesso na negociação. Um bom argumento para conseguir descontos é verificar a possibilidade de adiantar pagamentos da mensalidade na hora da matrícula, assim a escola terá um sinal de segurança que os valores serão pagos o ano todo.

Não deixe de pesquisar. Um bom negócio sempre está atrelado a uma boa pesquisa, portanto para ser ter um parâmetro de valores, busque consultar outras escolas com qualidade equivalente para poder ter mais argumentos na hora de negociar, além de também ficar por dentro das inovações e benefícios que a escola oferece para o ano letivo.

Por último lembre-se: uma negociação bem-sucedida deve agradar tanto a escola quanto aos pais, por isso haja com cordialidade e não tenha pressa em bater o martelo. Demonstre que está satisfeito com a escola e elogie o que ela tem de bom, demonstrando assim boa vontade para chegar em um acordo benéfico para ambos os lados. Porém fique atento, pois as escolas também têm suas políticas e limites de valores, o bom senso nunca é demais.

Planejamento é a palavra-chave para começar 2019 com tranquilidade em relação ao futuro dos filhos, portanto mostre a eles a importância dos estudos e da educação financeira, explicando que o aprendizado tem um custo que deve ser cada vez mais valorizado.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS