SÃO LUÍS

Artesanato maranhense como presentes de Natal

Canecas, meias, roupas, utensílios domésticos. As tradicionais lembrancinhas de Natal podem ficar mais interessantes e criativas

Peças de artesanato são ótimas opções de presente para as festas de fim de ano. (Foto: Gilson Teixeira)

Canecas, meias, roupas, utensílios domésticos. As tradicionais lembrancinhas de Natal podem ficar mais interessantes, criativas e também mais em conta para quem apostar no artesanato. Um dos pontos fortes da cultura maranhense, as peças fabricadas por artesãos locais são certamente uma boa pedida para quem vai presentear amigos e familiares que moram em outros estados. Mas para quem tem família por aqui mesmo, as opções podem surpreender.

Em uma visita ao Centro de Comercialização de Produtos Artesanais do Maranhão (Ceprama), por exemplo, quem estiver em busca de uma boa alternativa de presente terá nada menos que 38 estandes disponíveis, todos com produtos exclusivos, que podem, inclusive, ser confeccionados de acordo com o gosto do freguês. E as opções são variadas, têm de vasos decorativos, carrancas, e calçados a brinquedos, esculturas, roupas e toalhas de mesa com as típicas rendas de bilro.

Peças únicas

Artesã há 30 anos, dona Doracélia Lopes Rocha vende calçados em couro para todos os gostos. Os produtos são feitos por ela e pelo marido, tudo manualmente. O cuidado com a qualidade das peças e a beleza do trabalho a mão são para ela alguns dos diferenciais, que para dona Dora precisam ser conhecidos pelos maranhenses: “Venham nos conhecer, nos visitem, o Ceprama tem muitos profissionais, que fazem os produtos, são trabalhos feitos com nossas mãos”, disse.

O artesão José Alencar é um dos que apostou na sustentabilidade. Com materiais recicláveis, o artista cria peças originais, que viram objetos de decoração, brinquedos infantis, e utensílios. “A ideia nasceu de reaproveitar o material que nós tínhamos vasto nas ruas, eu procurei fazer desses materiais, arte”, disse o artesão.

Já Carlos Alberto de Sousa é habilidoso em trabalhar peças que utilizam o chifre de boi como matéria prima. Além de copos, bules, xícaras e joias enchem os olhos de quem passa pelo seu estande.

“Vem de família, meu tio que fazia, a gente veio aprendendo e saiu essa arte maravilhosa”, disse o artesão que vive da produção e comercialização das peças. “As mulheres gostam muito das joias”, completou.

Elmo Renato Serra Cordeiro é artesão há mais de vinte e cinco anos e tem como marca a pintura e escultura sobre telha. Recentemente ele expandiu as opções e além de pintura em peças em madeira, no seu estande é possível encontrar vasos e outras criações decorativas. Sobre a importância das peças, o artesão falou da relação pessoal com cada criação: “No começo foi hobby, depois uniu a necessidade, depois surgiu o essencial que é trabalhar com o que gosto e trabalhar com o que gosto, desenvolvendo minha arte e representado meu estado”, disse.

Para quem ficou interessado nas opções, o Ceprama fica localizado na Rua São Pantaleão, 1.322, no centro de São Luís. O espaço funciona de segunda a sábado, das 9h às 17h30, e aos domingos das 9h às 13h. Nos meses de dezembro e janeiro o horário do domingo será estendido até às 14h.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS