RODA DE SAMBA

Nivaldo Santos comanda projeto Samba de Gente Bamba

A proposta principal é divulgar o trabalho de intérpretes, cantores e compositores que fazem parte do cenário musical maranhense e fortalecendo o samba com suas apresentações

O movimento em prol do samba de raiz está se fortalecendo cada vez mais em São Luís. Prova disso são as inúmeras rodas de samba e projetos culturais que surgem com o intuito de fomentar o gênero musical e dar mais visibilidade aos novos e antigos talentos que fazem parte da cena na Ilha. Um dos projetos que tem chamado a atenção dos amantes do tradicional samba de raiz é o Samba de Gente Bamba, idealizado pelo músico Nivaldo Santos, que acontece toda semana no Boteco da Ilha, no bairro do Angelim.

Foto: Reprodução

A roda de samba tem como base um time de músicos formado por: Paulo Araújo (violão), Admmé Cairo (cavaco), João Neto (flauta), Paulinho Magia (surdo, efeitos e back vocal), Rogério Baima (pandeiro e back vocal) e Washington Bahia (percussão). Para mais uma edição do projeto que acontece hoje, o cantor e compositor Nivaldo Santos terá como convidado especial o intérprete Inácio Pinheiro, da Companhia Barrica e Bicho Terra. Considerado uma das melhores vozes da música maranhense, Inácio vai oferecer ao público e seus fãs um repertório com clássicos do nosso samba local e nacional. “A ideia do projeto é presentear o público com a presença de artistas, seja do samba ou de outro segmento musical, em uma grande roda de samba para celebrarmos este gênero musical que faz parte da identidade da música brasileira. A proposta principal é divulgar o trabalho de intérpretes, cantores e compositores que fazem parte do cenário musical maranhense e fortalecendo o samba com suas apresentações. É também uma oportunidade para os novos artistas que queiram divulgar o seu trabalho autoral. É um projeto que agrega a música como um todo”, explicou Nivaldo Santos.

Em entrevista a O Imparcial, Nivaldo Santos revelou que o repertório é composto de clássicos brasileiros que fazem parte do samba de raiz, realizando um passeio musical em diferentes momentos, os quais fazem parte da trilha sonora de gerações diferentes como Cartola, Noel Rosa, Antônio Candeia, Nelson Sargento, Adoniram Barbosa, Dorival Caymmi, que fazem parte da velha guarda do samba, passando por outras referências como Chico Buarque, Paulinho da Viola, Martinho da Vila, Beth Carvalho, Demônios da Garoa, Fundo de Quintal, além de outros artistas como Zeca Pagodinho, Alcione, Almir Guineto, Dona Ivone Lara. Outros grandes nomes do mundo do samba maranhense como César Teixeira, Joãosinho Ribeiro, Josias Filho, Josias Sobrinho, Mestre Antonio Vieira também serão relembrados. “Vamos cantar de tudo um pouco. Dos grandes sambas nacionais como os grandes sambas maranhenses. A nossa intenção é fazer uma grande festa com o melhor do samba. E quem gosta de samba pode ter certeza que vai se divertir muito”, disse Nivaldo Santos.

Comemorando em 2018 seus 25 anos de carreira profissional no mundo do samba, Nivaldo Santos revelou que está passando atualmente pelo seu melhor momento. O artista afirmou ainda que o projeto Samba de Gente Bamba tem tido uma boa aceitação por parte do público que tem prestigiado as apresentações. “O movimento do samba tradicional na Ilha cresceu muito nos últimos anos. Prova disso são o grande número de grupos que estão surgindo e os novos talentos que estão enveredando por esta linha de samba. Fico muito feliz em estarmos contribuindo com o fortalecimento do movimento com este projeto que de certa forma é uma vitrine para os artistas de São Luís”, ressaltou Nivaldo Santos.

O músico só lamentou a visão, por parte dos gestores culturais, em apoiar o movimento do samba que fomenta uma cadeia produtiva e geradora de renda que é atuante o ano inteiro. “Se faz necessário um olhar mais sensível dos nossos gestores e produtores culturais com o universo musical do samba, que é cada vez mais crescente na Ilha. Toda semana, sempre acontecem rodas de samba em diferentes pontos de São Luís. Isso movimenta um grande número de pessoas que dependem destes eventos. O samba faz parte da cultura do maranhense e tem que ser levado a sério”, disse o músico.

Para o cantor Inácio Pinheiro, a sua participação nesta edição do Samba de Gente Bamba é também uma oportunidade das pessoas conhecerem um outro Inácio Pinheiro bem diferente do Boi Barrica e Bicho Terra. “Preparamos um repertório especial com muito samba para que as pessoas possam se divertir e sambar. Estou muito feliz com o convite”, disse Inácio Pinheiro.

SERVIÇO:

O quê? Samba de Gente Bamba, com Nivaldo Santos e Inácio Pinheiro
Quando? Hoje, às 20h
Onde? Boteco da Ilha (Av. Jerônimo de Albuquerque, 555 – Angelim- Galeria PH Center.
Entrada? Couvert Artístico

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS