PRÉ-CARNAVAL

Bloco da Imprensa na onda da diversidade de gênero

Há mais de duas décadas participando do pré-carnaval em São Luís, o bloco que reúne profissionais de diversos meios de comunicação este ano traz como tema “Questão de Gênero, Número e Grau”

Masculino ou feminino, homem ou mulher, gay, hétero, drag, trans, singular ou plural. Muito além dos substantivos, adjetivos, advérbios… e de todas essas classes de palavras que podem ser flexionadas em gênero, número e grau na regra gramatical da Língua Portuguesa, o Bloco da Imprensa entra na onda da diversidade e bota o seu bloco na rua a partir de hoje, animando o pré-carnaval da Ilha.

A primeira concentração do Bloco da Imprensa 2018 vai acontecer hoje, dia 13 de janeiro, em frente ao Bar do Porto, na Praça dos Catraieiros, na Praia Grande, Centro Histórico de São Luís. E a folia não para, pois as outras concentrações vão ocorrer nos dias 20 e 27 de janeiro, no mesmo local.

Para hoje, estão confirmadas as apresentações do Grupo de Tambor de Crioula de Leonardo, Pagode Sindicato do Samba, Bloco Tradicional Os Reis da Liberdade (campeão do grupo A, do carnaval de 2017), Banda CarnaBoi (com Juarez Sousa e Nonato Silva), Bateria Explosão da Turma do Quinto (com Gabriel Melônio, Franklin Hudson e Alessandra Loba), Show de Mano Borges (Manobloco), que preparou um repertório com muita marchinha, frevo, sambas e música pop em ritmo de carnaval, e Banda da Confraria do Copo.

Mano Borges será uma das atrações da concentrção deste sábado, 13, do Bloco da Imprensa. Foto: reprodução

De acordo com o jornalista Joel Jacintho, que integra a comissão de organização da brincadeira, esta será a 20ª edição do cordão carnavalesco da comunicação, que chega a sua décima vez que acontece na área da Praia Grande, mais precisamente em frente ao Bar do Porto. E que Questão de Gênero, Número e Grau é o tema do bloco para o carnaval 2018. O jornalista ressaltou ainda que, durante a festa, será feita homenagem póstuma ao repórter fotográfico Francisco Campos, que faleceu no final de 2017 e era um dos entusiastas do cordão da imprensa.

A escolha do tema, segundo os organizadores da brincadeira carnavalesca, deu-se por conta das discussões colocadas pelos meios de comunicação sobre a questão da diversidade de gênero em seus mais diferentes aspectos como, por exemplo: conceito, formas de expressão, desafios sociais e políticos e outros que enfrentam muitos tabus.

Identidade de gênero, segundo o documento Livres & Iguais, da Organização das Nações Unidas (ONU), diz respeito à experiência das pessoas com o próprio gênero. Quem se identifica com o gênero designado no nascimento é cisgênero, ou seja, a identidade da pessoa está de acordo com as características físicas (genitais e hormonais) reconhecidas ao nascer.

Há, no entanto, uma extensa variedade de identidades, permitindo outras possibilidades de existência às pessoas que não se identificam com o sexo biológico. E, para combater o preconceito contra a população LGBTI, a ONU pede leis relacionadas a crimes de ódio, reconhecimento legal e acesso a serviços públicos. A ONU considera possível ter orientação heterossexual, homossexual, bissexual ou assexual, independentemente da identidade.

Apesar do assunto ser sério e polêmico, a intenção do Bloco da Imprensa é trazer para o universo do carnaval esta questão de forma lúdica, leve e sem preconceitos, como conscientização de uma realidade que está presente no cotidiano da população brasileira e mundial.

Para Celio Sergio, um dos organizadores do Bloco da Imprensa, esta é uma oportunidade única daqueles que trabalham com a comunicação se encontrar, se confraternizar e, lógico, brincar o carnaval. “Durante a folia no período momesco estes profissionais que participam hoje do Bloco da Imprensa estarão exercendo suas funções cobrindo a programação nos circuitos carnavalescos de rua e de passarela. Nada mais justo que também possam brincar o pré-carnaval em um ambiente seguro e com várias atrações”, disse Célio Sergio.

Sobre o Baile da Imprensa

E como aconteceu o ano de 2017, mais uma vez terá o tradicional Baile da Imprensa, que vai rolar no dia 2 de fevereiro, sexta-feira magra de carnaval, podendo acontecer na Casa do Maranhão ou no Lítero da Praça João Lisboa, com entrada para os profissionais da imprensa e convidados, que só terão acesso com pulseiras. Nas prévias e no baile, o bloco conta com o apoio da Secretaria de Cultura e Turismo, que garante a programação cultural com envio das atrações e toda infraestrutura logística: colocação de palco, som, iluminação e segurança.

A bateria explosão da Turma do Quinto promete agitar os foliões do Bloco da Imprensa. Foto: reprodução

Confira a programação

17h – Tambor de Crioula de Leonardo
18h – Sindicato do Samba
19h – Bloco Tradicional Reis da Liberdade
20h – Show Carnaboi
21h – Bateria da Turma do Quinto
22h – Show de Mano Borges
23h – Banda da Confraria

MOSTRAR MAIS