PREVISÕES

2018 será um ano de intensas mudanças, afirmam previsões

As previsões para o próximo ano destacam mudanças significativas na política e economia, bem como manutenção de alguns aspectos

Foto: Reprodução

O ano de 2017 finalmente está acabando. Para grande parte das pessoas, essa é uma notícia boa, pois para elas este se destacou como um ano confuso e cheio de dificuldades.

Mas com um novo ano vêm também novas expectativas. A esperança de que 2018 será melhor, que novas perspectivas serão alcançadas e que sonhos se realizarão faz com que muitos procurem nas previsões um direcionamento do que ainda está por vir.

Os videntes, cartomantes, numerólogos e umbandistas preveem energias poderosas para o próximo ano, devendo ser 2018 um ano de intensas mudanças. Porém, não será um ano muito fácil e, apesar de crescimento a setores ligados ao comércio, agricultura e economia, o próximo ano também será marcado por tragédias.

O que dizem os orixás

O pai babalorixá vodunô Airton Gouveia prevê um ano bom, guiado por Xangô e entregue por Obaluaê que será caracterizado por intensas mudanças e transformações favoráveis para muitas pessoas. “Xangô representa justiça, por isso este ano ser representado por isso. Quem tiver dívidas irá pagá-las, quem procurar emprego encontrará. Será um ano onde a justiça estará em destaque. Xangô é o senhor da terra, o que significa que este ano também será de fartura, de renovação”.

O que dizem as cartas

A irmã exotérica Guaraci, paulistana, que mora há 4 anos em São Luís, previu nas cartas do baralho cigano um ano complicado para o Maranhão que, segundo ela, não acompanha o ritmo do resto do país. “O Maranhão parece atrasado em relação aos outros estados. A energia daqui é bem diferente, acredito que pelo misticismo muito grande e sincretismo religioso que existe aqui, bem parecido com Salvador”.

Violência

Segundo a exotérica Guaraci, o ano de 2018, regido por Xangô, será marcado por escândalos, problemas de justiça, eventos climáticos preocupantes, além de preocupações sociais importantes. “Será um ano onde haverá aumento na violência, desemprego, e será necessário que as pessoas se resguardem, pois a indiferença humana estará bastante presente. Em 2018, para quem fizer o bem, procurar viver a vida seguindo em frente será bom, mas quem fizer o oposto pagará a conta disso”.

O pai Airton Gouveia lembra que será um ano para se buscar a paz e valorizar a saúde. “Obaluaê representa a saúde e a doença. Este ano a saúde deve ser resguardada e cuidada. A violência deve ser enfrentada e o respeito ao próximo, cultura e religiões, deve ser analisado com cuidado maior”.

Política
No campo da política, as cartas apontam revoltas da população em relação a líderes políticos. Melhorias para o estado também são esperadas, quebrando correntes com atitudes passadas. “Será um ano de prosperidade, mas também de percas e roubos. O Maranhão não voltará ao passado, mas será preciso lutar contra a constante insatisfação das pessoas, críticas frequentes entre outras coisas. As eleições trarão novas perspectivas para a população”, destaca irmã Guaraci.

Para o pai Airton, será um ano de lutar pelas políticas publicas. “Muitos jovens negros estão morrendo, será um tempo de lutar pelas políticas públicas que ainda faltam. Será um ano de mudanças importantes na política que afetam diretamente a população”.

Economia

As cartas apontam tempos difíceis também na economia. Mesmo com recuperações de crises, períodos de fertilidade no campo, ainda será um período para manter o controle das contas. A exotérica Guaraci chama a tenção para o segundo semestre de 2018. “O ano terá um período de fertilidade, mas também terá no mês de agosto um período de retrocesso, com a influência de seis planetas. Nessa época, é preciso cuidado com negócios e investimentos”. Para o pai Airton, o período de colheita será influenciado positivamente pelo período chuvoso que deve ser melhor. “As chuvas já começam a aparecer, devem ter crescimento e se prolongarem até setembro de 2018. Será um ano bom de colheita, de crescimento de empregos especialmente na indústria, além de rendimentos positivos e aumento de produtividade no estado, principalmente com o crescimento de portos”.

Esporte

A Copa do Mundo deve mobilizar o país inteiro, mas, segundo Guaraci, apesar do grande esforço, o Brasil não deve se sair muito bem. “No futebol existe uma estabilidade, segurança e a seleção faz um grande esforço e está bem direcionada. Apesar disso, existem muitos roubos, cartas marcadas e o Brasil perde a Copa”. No cenário local, ela ainda destaca os principais times, Moto Club e Sampaio Corrêa. “O Sampaio tem uma administração corrompida, terá problemas e terá ajuda para se levantar. O Moto Club viveu momentos de tristeza, que serão seguidos de união com o apoio de um guerreiro que entrará para revolucionar muitas coisas”. Já para o pai Airton, a Copa do Mundo representará um bom momento para o Brasil, que acabará se saindo bem no Mundial.

Os números da sorte

A numerologia destaca mudanças pessoais fortes na vida das pessoas ano que vem. Para os especialistas na área, uma boa maneira de se programar é calculando a numerologia do ano pessoal. De acordo com ele, cada pessoa tem um número específico vinculado a um significado. Para descobrir o ano pessoal, basta somar o dia do aniversário ao mês do aniversário e o ano do último aniversário. Por exemplo, para quem nasceu no dia 1º de abril, a soma do1 (dia) + 4 (mês) + 2 + 0 + 1 + 7 (ano) = 15. em seguida soma-se o resultado 1 + 5 = 6. Neste caso, o número do ano pessoal é 6. O número que regerá 2018 é o 2, o que significa que as mudanças sofridas em 2017 irão se estabilizar nesse período. Depois de calcular o ano pessoal é hora de ver cada resultado. Para quem tem o ano pessoal 1 é tempo de recomeço. Para o ano pessoal 2 é tempo de paciência, lidar com novos ciclos. Ano pessoal 3 indica multiplicação e expansão. Para o ano pessoal, 4 será tempo de muito trabalho. 2018 é o ano das mudanças e das viagens na vida das pessoas que estão no ciclo do ano pessoal 5. Para o ano pessoal 6 é período de acalmar a agitação costumeira. O ano pessoal 7 indica fortalecimento da espiritualidade. Para o ano pessoal 8 este é o ano de prosperar. É tempo de renovar o ciclo e deixar muitas coisas para trás para quem vive o ano pessoal 9.

MOSTRAR MAIS