OPINIÃO

Os novos nomes entrando na política do Maranhão

“Nomes orgânicos naturalmente estão expostos na mídia (…). Muitos alegam que está muito cedo, mesmo sabendo que tudo na política nasce velho.” Confira a Coluna do Klamt desta semana

Dino, Othelino e Brandão. Foto: Divulgação

Reservados, mas consistentes, movimentos vindos do legislativo maranhense e da região tocantina apontam articulações para inserir os nomes do presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto (PCdoB), e do secretário da Infraestrutura, Clayton Noleto (PCdoB), na galeria dos pretensos pré-candidatos ansiosos pelo generoso olhar de apoio do governador Flávio Dino na corrida eleitoral em 2022. Nomes orgânicos naturalmente estão expostos na mídia, estilos e regiões diferentes promovem discussões e aguçam articulações no início da gestão reeleita. Muitos alegam que está muito cedo, mesmo sabendo que tudo na política nasce velho. Decisão somente a partir de 2021. Bom, depende do entendimento entre o Dino e o Brandão que termina o mandato.

Definitivamente o deputado federal Rubens Jr. (PCdoB) chegou ao segundo mandato mantendo o espaço no alto clero da Câmara dos Deputados e sendo um dos parlamentares mais prestigiado da imprensa nacional. Na posse da sua reeleição ganhou destaque no Jornal Nacional com a esposa e os dois filhos. Davi, filho de Rubens, de cinco anos, declarou a TV Globo que vai ser deputado federal quando crescer. Curioso que o deputado comunista divulgou um vídeo, durante a campanha, também com cinco anos, afirmando a mesma vontade. De pai para filho.

Davi, Tereza, Rubens e Helena. Foto: Divulgação

Eliziane Gama (PPS) e Weverton Rocha (PDT) estão com tudo no plenário do Senado exercendo o papel de líderes dos seus partidários. Basta saberem aproveitar para trazerem recursos ao Maranhão, mesmo sendo, atualmente, opositores do presidente Jair Bolsonaro (PSL). PDT registrou o lado partidário pela esquerda, resta saber se o PPS vai ficar encantado pelos acenos do Palácio do Planalto.

Aparteando

Nenhum deputado ou senador teve a capacidade de apresentar nenhuma ideia que indicasse como serão os comportamentos durante os mandatos.

Prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PCdoB), declarou guerra aberta ao presidente da Famem, Erlânio Xavier (PDT), e ao senador Weverton Rocha (PDT). Na pauta a eleição de 2020.

Gozadores afiados brincam que o deputado federal Hildo Rocha (MDB) passou de latifundiário rural para urbano com a baixaria do apartamento funcional. Apesar de tantas explicações.

Plena campanha para prefeito de São Luís tem aguçado a criatividade do vereador Astro de Ogum (PR) com propostas de empreendedorismo ao PET.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS