CAMINHADA GEEK

‘Zumbis’ invadem São Luís nesta sexta-feira, na Zombie Walk

Zombie Walk, caminhada voltada aos fãs da cultura geek, reunirá cerca de 400 “zumbis e sobreviventes” no centro de São Luís nesta sexta, Dia de Finados

O Centro Histórico de São Luís será tomado por “zumbis” nesta sexta-feira, 02, Dia de Finados. Trata-se da caminhada popularmente conhecida como Zombie Walk, um evento que reúne fãs da cultura geek voltada aos mortos-vivos. Na capital maranhense, a marcha está marcada para começar às 18h, com concentração na Praça Dom Pedro II, próximo ao Palácio dos Leões, a partir das 15h. O encerramento conta com show da banda de rock Distorch.

Além da própria caminhada, os primeiros 120 participantes terão maquiagem temática garantida pela organização do evento. É uma oportunidade para os admiradores de produções audiovisuais ou games como “A Noite dos Mortos-Vivos”, “The Walking Dead” e “Resident Evil” encarnarem o personagem e confraternizarem o gosto em comum. “A maioria [dos participantes] começou a fazer cosplay e maquiagens temáticas”, explica a organizadora do evento, Adriana Beautywitch. Ela conta que a marcha será realizada também em outros estados no Dia de Finados “para unificar o Brasil assim como os EUA, no Halloween”, informa.

Veja Também

A caminhada teve sua primeira edição realizada em São Luís há oito anos, e trouxe também diversas atividades envolvendo a cultura nerd, por conta da necessidade de eventos para este público na ilha. “De dez zumbis na primeira, pulamos pra mais de 200 até agora“, aponta Adriana.

A expectativa é grande pra essa caminhada, pois é de caráter gratuito. Aos primeiros 120 zumbis, estaremos disponibilizando a make a partir das 15h no Palácio dos Leões, onde será a concentração nessa sexta-feira. O encerramento será com o som de bandas de rock alternativo, assim como o movimento faz há anos lá fora também.

– Adriana Beautywitch, organizadora da Zombie Walk em São Luís

“Seja um zumbi ou sobrevivente”

Na cultura pop e geek, O Apocalipse Zumbi é um cenário bastante conhecido na ficção científica e no terror. No quadro hipotético, as criaturas enfestam as cidades, levando a população em colapso de forma esmagadora e deixando os humanos sobreviventes em estado de total desespero.

Por aqui, no entanto, zumbis e sobreviventes caminham juntos, e não fazem mal a ninguém (além dos sustos). A organização do evento dá a deixa para que os participantes estejam preparados para encarar a maquiagem pesada dos mortos-vivos, ou já saiam de casa com o cosplay montado, encarnando o o papel de sobrevivente, geralmente com armas de brinquedo e roupas de exército. Em todo caso, as dez melhores fantasias serão premiadas na ocasião, após a marcha.

Sobre a Zombie Walk

A Zombie Walk teve seu primeiro registro em outubro de 2003, na cidade de Toronto, no Canadá, apesar de ter contado com apenas seis participantes, teve grande repercussão. Em 2005, foi a vez de Vancouver, também no Canadá, sediar a caminhada desta vez em maior escala, com mais de 400 participantes. No brasil, o primeiro evento foi realizado em Belém, no Pará, em 2006. Atualmente, a caminhada ocorre em dezenas de cidades do mundo e do Brasil. O evento é promovido através da internet, flyers ou cartazes.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS