Reprodução

Um homem com sinais de distúrbio psiquiátrico foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros Militar neste sábado, 08, na Beira-Mar. Ele havia ficado atolado até o peito na areia, e foi prontamente socorrido pela equipe. O homem corria risco de morrer por afogamento à medida em que a maré subisse.

De acordo com informações do Coronel Célio Roberto, Comandante do CBMMA, o homem havia descido enquanto a maré estava seca, em frente à Praça Maria Aragão. A areia fez com que ele ficasse atolado até o peito, sem ter como sair. “A maré começou a encher, e alguém deve ter visto, passando no local, e acionado um bombeiro. Ele estava falando frases desconexas, deu pra perceber que se tratava de transtorno psiquiátrico“, explica.

O resgate durou cerca de 20 minutos. Foi utilizada uma prancha, onde um cabo foi amarrado para fazer tração. O homem foi colocado em cima de uma maca, e puxado. Após o procedimento, ele foi levado para o quartel do Parque do Bom Menino para receber cuidados. “Perguntamos pra ele algumas informações, e ele foi concedendo. Disse o nome dele, o nome do pai, endereço, mas não conseguia organizar o pensamento”, conta o Coronel. O homem foi levado para casa, no bairro Centro.

Veja as imagens do momento do resgate: