Foto: Divulgação

O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão informou que pode parar suas atividades nas primeiras horas da manhã da próxima terça-feira, 03.

A paralisação iniciará dentro das atribuições legais, caso ainda ocorra o descumprimento da Convenção Coletiva de Trabalho exercido pelas empresas que integram o Consórcio Upaon Açu, e atuam no transporte público da capital. Segundo o sindicato, não estão sendo garantindos os direitos da categoria.

Entre os quesitos infringidos, a corporação destaca a falta de pagamento dos planos de saúde e odontológicos, horas extras, e os profissionais que estão trabalhando, mas não tiveram suas carteiras assinadas.

As empresas que podem ter suas atividades suspensas são a Autoviaria Matos; Planeta (São Benedito); Speed Car (Marina); Viação Patrol (Pele); Viação Aroeiras; Viper (Pericumã) e Rio Negro (Expresso Tapajós).

O Presidente do Sindicato, Isaías Castelo Branco informou que a paralisação de 35% da frota foi marcada para a próxima terça, 03, devido o jogo do Brasil na Copa, e que aguarda uma resposta. “Até às 18h da segunda-feira esperaremos uma resposta dos empresários. Se não atenderem as nossas reivindicações, o Consórcio Upaon-Açu vai parar na terça-feira” informou Isaías.

A categoria informa que a denúncia foi protocolada no Ministério do Trabalho e a prática adotada pelo sindicato, visa resguardar os direitos dos trabalhadores que se sentem lesados pelo descumprimento do que foi acordado na Convenção Coletiva de Trabalho.