ATENÇÃO!

BR-222 corre risco de romper novamente no km 262

O trecho desmoronou em fevereiro de 2017. o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) já foi informado sobre o aumento do volume das águas

Reprodução

O volume das águas dos riachos e lagos próximos ao povoado Bubasa, perto do quilômetro 262 da BR-222, entre Miranda do Norte e Arari, aumentou consideravelmente e passou a preocupar quem transita no trecho da Rodovia Federal.

É possível observar uma erosão no trecho, que já desmoronou em fevereiro do ano passado. O asfalto corre risco de ruir novamente, caso o volume de chuva continue.

O DNIT informou, através de nota, que uma equipe já esteve no local para averiguar a situação. “A empresa responsável pela manutenção desse trecho da rodovia já foi acionada e está mobilizada no local, aguardando a diminuição do nível das águas para então executar os reparos necessários”, diz a nota.

Leia na íntegra:

Uma equipe do DNIT já esteve no local para averiguar a situação.

Devido ao grande volume de aguas na região, os bueiros estão funcionando com máxima vazão.

Dos bueiros existentes nesse trecho, um está apresentando erosão.

A empresa responsável pela manutenção desse trecho da rodovia já foi acionada e está mobilizada no local, aguardando a diminuição do nível das águas para então executar os reparos necessários.

O local está devidamente sinalizado e o tráfego normal, sem interrupção.

Leia também:

Veja as imagens:

Rompimento anterior

Em fevereiro de 2017, o mesmo trecho da BR-222 rompeu por conta das fortes chuvas. Moradores ficaram em estado de alerta, e os motoristas tiveram que desviar pela BR-316, passando por Bacabal.

Devido ao volume da água, formou-se uma espécie de açude ao lado da via – que fez com que a água vazasse para o outro lado através de pequenos bueiros que não suportaram a pressão e cederam.

Rompimento de 2017

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS