CORONAVÍRUS

No Maranhão

4728
167657
158251
3653
AUXÍLIO

Saiba como solicitar o auxílio emergencial: prazo termina em uma semana

Caso a prorrogação de mais 3 parcelas for confirmada, o prazo de cadastramento poderá ser estendido

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O prazo para o trabalhador solicitar o auxílio emergencial termina na próxima quinta-feira (2). O pedido pode ser feito até a data limite, e depois disso não será possível recorrer ao governo federal para a ajuda emergencial.

Segundo a Caixa Econômica Federal, depois do dia 2, o site e o aplicativo serão utilizados apenas para acompanhar o pagamento do benefício ou o processamento do pedido.

Novas parcelas

Durante uma live, nesta quinta-feira (25), o Presidente disse que o governo pretende pagar mais três parcelas do auxílio, nos valores de R$500, R$400 e R$300, respectivamente. Segundo Bolsonaro, os valores das parcelas ainda estão em estudo.

Caso a prorrogação de mais 3 parcelas for confirmada, o prazo de cadastramento poderá ser estendido.

Como solicitar o auxílio

Passo 1 – Acesse o site do auxílio emergencial (auxilio.caixa.gov.br/#/inicio) ou o aplicativo e clique em “Realize a sua solicitação”;

Passo 2. Verifique se você se encaixa em todas as condições. Em seguida, marque as caixas de seleção no final da tela e clique em “Tenho os requisitos, quero continuar”;

Passo 3. Preencha os campos com suas informações, incluindo nome, CPF, data de nascimento, nome da mãe. Depois, marque a caixa com o Captcha e clique em “Continuar”;

Passo 4. Você precisará de um código de verificação para acessar a plataforma, então preencha o número do seu celular e informe a sua operadora. Depois, clique em “Continuar”. Na tela seguinte, preencha com o código e siga para a próxima página;

Passo 5. Depois, informe a sua renda mensal e a atividade que você exerce, além do estado e da cidade em que reside. Então, clique em “Continuar”;

Passo 6. Em seguida, informe quantas pessoas moram na sua residência e confirme os seus dados. Caso seja mulher e responsável pelo sustento da casa, marque a opção no final da tela. Então, clique em “Adicionar membro da família” para incluir os dados das pessoas que moram com você;

Passo 7. Informe o grau de parentesco do membro a ser adicionado, o CPF e a data de nascimento. Caso precise registrar outra pessoa, basta selecionar “Adicione membro da família” novamente. Quando terminar, clique em “Continuar”;

Passo 8. Escolha se receberá o benefício em uma conta corrente ou poupança já existente clicando em “Receber em conta existente”. Caso não possua, selecione a opção “Abrir uma conta e receber”;

Passo 9. Confira se todos os dados preenchidos no site estão corretos e, então, clique em “Concluir sua solicitação”.

Passo 10. Acompanhe a solicitação. É só entrar na pagina inicial do site ou aplicativo e clicar em “Acompanhe sua solicitação”, insira seu CPF e o código de verificação.

Quem tem direito ao auxílio emergencial?

Para ter direito a R$ 600 – ou R$ 1.200, no caso das mulheres chefes de família – é preciso cumprir uma série de requisitos, que são:

  • Ser maior de 18 anos, ou mãe com menos de 18, e atender aos seguintes critérios:
  • Pertencer a família cuja renda mensal por pessoa não ultrapasse meio salário mínimo (R$ 522,50), ou cuja renda familiar total seja de até três salários mínimos (R$ 3.135,00);
  • Não estar recebendo benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou outro programa de transferência de renda federal, exceto o Bolsa Família;
  • Não ter recebido em 2018 rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70, o teto de isenção do Imposto de Renda; e
  • Estar desempregado ou exercer atividade na condição de Microempreendedor individual (MEI), Contribuinte individual da Previdência Social ou ser trabalhador informal de todos os tipos, incluindo intermitente inativo.
VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Checamos
Polícia
Mais Notícias