EM BRASÍLIA

Homem é detido ao quebrar vidro e tentar invadir Congresso

Em um vídeo que circula nas redes sociais, ele aparece citando ataques também a Lula e Ciro; polícia o deteve com arma de choque

Reprodução

Um homem identificado como prenome de Victor, de 35 anos, aos gritos de “aqui é a casa do povo”, tentou invadir o Senado Federal e quebrou o vidro da chapelaria da Casa na tarde desta quinta-feira, 29.

O homem teve um ataque de fúria ao ser barrado na entrada, pois não tinha agendado a visita ao Congresso. Ele chegou a jogar dois pontaletes (estruturas metálicas) contra o vidro do Senado, além de tentar agredir policiais legislativos que faziam a segurança no local. Para contê-lo, um dos agentes precisou usar uma arma de choque, conhecida como “taser”.

Em nota, o Senado informou que a Polícia agiu “com a melhor doutrina de uso progressivo da força”. Ele foi levado para depor após o ocorrido e declarou aos policiais ser estudante. No entanto, não soube explicar os motivos que o levaram a arremessar os objetos contra o vidro do Senado.

A partir de agora, a Polícia Legislativa abrirá um inquérito para investigar o caso. O suspeito pode responder por crime de danos ao patrimônio público.

Ameaças filmadas
Victor tem um canal no YouTube e, em um dos vídeos, mostra facas e faz ameaças aos políticos já citados, estendendo a ameaça aos demais representantes do Legislativo e Executivo. Ele cita ainda líderes evangélicos e católicos.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias