VENEZUELA

Líder da oposição Juan Guaidó tem apoio de militares na Venezuela

Nesta terça-feira (30), Juan Guaidó esteve na base aérea de La Carlota para anunciar o apoio dos militares

Juan Guaidó, autoproclamado presidente da Veneuzuela, do lado de fora da base Aérea Francisco de Miranda, em Caracas (Foto: Carlos Garcia Rawlins/Reuters)

No início da manhã desta terça-feira (30), Juan Guaidó, líder da oposição na Venezuela e o Leopoldo López, preso político que estava em prisão domiciliar, foram até a base aérea de La Carlota, em Caracas, para anunciar o apoio dos militares na luta contra o regime do ditador Nicolás Maduro.

“Hoje soldados que são valentes vieram até aqui porque nosso primeiro de maio começou hoje. Estamos chamando as Forças Armadas para acabar com a usurpação hoje”, disse Guaidó por meio de um vídeo publicado em suas redes sociais, no qual aparece cercado de militares que o apoiam, e ao lado de López.

Leopoldo Lopez, que cumpria prisão domiciliar, ao lado de militar ao lado de base aérea em Caracas (Foto: Carlos Garcia Rawlins/Reuters)

Também nas redes sociais, ele afirmou que está “dando início à fase final da Operação Liberdade”. Frase que foi repetida por López em uma publicação no Twitter, ele ainda afirma ter sido “liberado por militares à ordem da Constituição e do presidente Guaidó”.

Confira na íntegra o que Guaidó publicou nas redes sociais:

“O povo da Venezuela iniciou o fim da usurpação. Neste momento estou me encontrando com as principais unidades militares de nossas Forças Armadas, iniciando a fase final da Operação Liberdade.

Povo da Venezuela vamos para a rua, Força Armada Nacional para continuar a implantação até consolidarmos o fim da usurpação que já é irreversível.

As Forças Armadas Nacionais tomaram a decisão certa, contaram com o apoio do povo da Venezuela, com o endosso de nossa constituição, com a garantia de estar do lado certo da história. Desdobrar as forças para conseguir a cessação da usurpação.

Povo da Venezuela, é necessário que saímos juntos para a rua, para apoiar as forças democráticas e recuperar a nossa liberdade. Organizados e juntos mobilizam as principais unidades militares. Cidade de Caracas, tudo para la Carlota.”

-Juan Guaidó, líder da oposição a Nicolás Maduro

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias