Os brasileiros interessados em concorrer a bolsas parciais e integrais pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) podem efetuar inscrição a partir desta terça-feira, 26. O prazo é até esta sexta, dia 29. As inscrições são feitas pelo endereço eletrônico do programa.

Este ano o ProUni totaliza 174.289 vagas para o ensino superior no segundo semestre, sendo 68.884 bolsas integrais e 105.405 parciais, em 1.460 instituições.

Requisitos para o ProUni

O candidato precisa ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017, ter alcançado pelo menos 450 pontos e nota superior a zero na redação.

Só podem participar alunos brasileiros sem curso superior, que tenham concluído o ensino médio na rede pública ou na rede privada (com bolsa de estudo) ou que sejam deficientes físicos. Professores da rede pública também podem solicitar uma bolsa.

Para concorrer a uma bolsa integral, o estudante deve ter renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio. Já as bolsas parciais de 50% são destinadas aos alnos que possuem renda familiar per capita de até três salários mínimos. O estudante que conseguir uma bolsa parcial mas não tiver como arcar com o restante das mensalidades pode utilizar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Inscrição no ProUni

O candidato pode escolher, em ordem de preferência, até duas opções de curso, instituição e turno. Aqueles que se declararem indígenas, pretos ou pardos, ou tiverem deficiência física, podem concorrer a bolsas destinadas a políticas de ações afirmativas.

As opções de curso podem ser alteradas durante o período de inscrições, sendo considerada válida a última inscrição confirmada. Uma vez por dia é divulgada uma nota de corte.

Resultado do ProUni

Os resultados com a lista dos candidatos pré-selecionados estarão disponíveis também na página do ProUni, a partir do dia 2 de julho para a primeira chamada, e 16 de julho para a segunda.

Aplicativo

Os candidatos podem baixar o aplicativo do ProUni, disponível na Google Play e App Store. A inscrição deve ser feita pela internet, mas pelo aplicativo o estudante pode acompanhar as divulgações das notas de corte dos cursos, pesquisar bolsas e acompanhar todo o calendário do processo seletivo.