Reprodução

O panorama geral mostra que, para escapar da degola, o time terá que mudar muito seu comportamento até o final desta disputa. Por isso, passou a entender que só interessa vencer.

Restam 13 jogos a serem disputados pelo Sampaio. Na capital
maranhense, a equipe sampaína joga dia 14 deste mês contra o Fortaleza; 2 de outubro recebe o Figueirense; no dia 16, contra o
Londrina; dia 30, diante do CSA; e em 9 de novembro será a vez
do Boa Esporte, último jogo deste ano da Bolívia, no Castelão

Confira a reportagem completa na banca do Jornal O Imparcial.