TERROR

Homem que matou quatro em São João do Sóter é linchado

Ao todo foram seis mortos num fim de semana de terror no município: dois gestores públicos e um assessor, o filho da ex-prefeita, o autor dos disparos, capturado hoje, e o irmão

Reprodução

A tragédia ocorrida em São João do Sóter, a 419 km de São Luís, na madrugada deste sábado, 30, perdura até a manhã deste domingo. Foragido da polícia, o autor dos disparos que tiraram a vida de três homens, ao final dos festejos juninos do município, fez mais uma vítima e, em seguida, foi linchado.

A quinta vítima da tragédia é o filho da ex-prefeita de São João do Sóter, o jovem Tássio Rocha. Após troca de tiros, o autor dos disparos, identificado como Marlon, foi capturado e linchado pela população.

Identificado apenas como Marlon, o homem matou quatro pessoas de sábado para domingo, e foi linchado pela população. O irmão dele também foi agredido até a morte.

Entenda o caso

Três homens, entre eles o secretário municipal de cultura da cidade e um vereador, foram assassinados a tiros após uma confusão durante as festividades juninas, causada por um paredão de som, na madrugada de sábado, 30. Outro envolvido no caso, foi o irmão de Marlon, que ao tentar dar fuga ao assassino, acabou sendo linchado pela população com golpes na cabeça. O estado de saúde dele é grave e ele segue internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Caxias, aguardando transferência para um hospital da maior porte na região.

As vítimas da tragédia na madrugada do último sábado foram o secretário Cícero de Jesus Costa Rocha, o vereador Antônio da Conceição Aguiar, conhecido como “Totonho”, e José Ferreira da Silva Júnior, conhecido como “Júnior do Naza”.

Saiba mais

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS