Tentativa de assalto

Professor da UFRJ é esfaqueado na Lagoa da Jansen

O professor titular da UFRJ foi vítima de uma tentiva de assalto e acabou sendo atingido por golpes de faca no braço e no tórax

Um professor referência em geografia e geologia física da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) foi esfaqueado após uma tentativa de assalto na manhã desta sexta-feira, 15, na Lagoa da Jansen, em São Luís.

O professor de 66 anos reagiu ao assalto e acabou sendo atingido por golpes de faca. Foto: FAED/UDESC

Segundo informações do 9º Distrito Policial do São Francisco, a vítima Antônio José Teixeira Guerra, de 66 anos, passeava pela área quando foi abordado por um bandido dando voz de assalto. Em depoimento prestado por um amigo, Antônio teria reagido ao assalto e o bandido em resposta desferiu golpes de faca no braço e na região do tórax do professor.

Ainda no depoimento prestado à polícia, o amigo do professor Antônio informou que uma enfermeira que passava pelo local viu a vítima no chão e prestou os primeiros socorros. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e encaminhou o geólogo ao Hospital Djalma Marques, o Socorrão I, onde chegou consciente.

Em nota emitida pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), o professor estaria em São Luís para participar na tarde de hoje, 15, de uma banca de defesa de memorial para progressão à carreira de titular do professor Antônio Cordeiro Feitosa, do Departamento de Geociências e do Programa de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade (PGCult) da UFMA.

O professor está internado em estado de saúde é estável e passa por cirurgia no braço esquerdo, onde foi atingido com mais gravidade, segundo informa a UFMA em nota. Cortes na região do tórax foram superciais e não atingiram órgãos vitais do geólogo.

A UFMA está acompanhando o estado de saúde do professor oferecendo todo o apoio necessário com presença de representantes no hospital.

Antônio Jose Teixeira Guerra, natural do Rio de Janeiro, é referência nacional e internacional nos estudos relacionados à geografia do solo e e gestão ambiental. Atualmente, é titular do  Instituto de Geociências da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Confira a nota emitida pela UFMA na íntegra

Lamentavelmente, na manhã desta sexta-feira, 15, o docente da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Antônio José Texeira Guerra, foi vítima de assalto e esfaqueado enquanto fazia uma caminhada na Lagoa da Jansen. Seu estado de saúde é estável e passa por cirurgia no braço esquerdo, onde foi atingido com mais gravidade. O professor também teve cortes superficiais na região do toráx.

O docente da UFRJ iria participar, na tarde de hoje, da banca de defesa de memorial para progressão à carreira de titular do professor Antônio Cordeiro Feitosa, do Departamento de Geociências e do Programa de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade (PGCult) da UFMA. Antônio Guerra foi atendido emergencialmente no Hospital Djalma Marques – Socorrão I, onde chegou consciente.

A Universidade Federal do Maranhão está dando todo o apoio necessário ao professor, com a presença de representantes da Universidade na unidade de atendimento do Hospital Djalma Marques, para acompanhar seu estado de saúde.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS