Tráfico de drogas

Negócio em família: quadrilha traficantes é presa em Anapurus

A família era responsável por grande parte das drogas comercializadas na região de Anapurus e Chapadinha

A maior quadrilha de traficantes da região de Anapurus, no interior do Maranhão, era composta por uma família. A polícia militar desarticulou e prendeu os membros da organização na noite da última quarta-feira, 30.

Após uma série de denúncias de populares e vizinhos, uma equipe de policiais de Anapurus, Chapadinha e Mata Roma chegou até os criminosos, identificados como Maria da Soledade Reis da Silva, mais conhecida como a “Morena do Bar”, sua companheira Raimunda Maria de Melo Pereira e seu filho Marcos da Silva Sousa. O trio residia em uma casa localizada no bairro Aeroporto, do município de Anapurus.

A captura em flagrante dos envolvidos se deu por volta das 19h40. A polícia montou uma campana em frente à casa, observando toda a movimentação de um grande fluxo de pessoas. No momento do flagrante, Marcos, filho de Morena, foi indagado pela guarnição a dar explicações ao ver encontrado com uma carteira de cigarros cheia de cocaína pronta para comercialização.

No local foi encontrado grande quantidade de substância ilícitas sendo embaladas dentro da casa. Ao lado da casa, havia um bar do qual Morena era proprietária. As criminosas confessaram que o estabelecimento era utilizado como ‘fachada’ para o armazenamento de droga.

Com o trio foram apreendidos: 300 papelotes de substâncias análogas à CRACK, 07 papelotes substâncias semelhantes à COCAÍNA, 48 papelotes de substâncias semelhante à MACONHA , além de aparelhos celulares e a quantia de R$ 27,00.

Durante a ação, os Policiais Militares sofreram várias tentativas de suborno. A família ofereceu quantia em dinheiro para que fossem liberadas. Os policiais recusaram, e ainda acrescentaram no flagrante o crime de conduta.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS