FEMINICÍDIO

Homem mata ex-companheira e tira a própria vida na Zona Rural

O autor do crime não teria se conformado ao ver a ex-companheira dançando com um homem em uma festa, no domingo. Hoje, atacou a vítima com golpes de faca e tirou a própria vida

Mais um caso de feminicídio foi registrado no Maranhão na manhã desta segunda-feira, 18. Um homem identificado como Afonso Machado Costa, de 43 anos, natural de Esperantina, no Piauí, matou a companheira e em seguida tirou a própria vida, em São Luís, às margens da BR-135. O crime teria sido motivado por ciúmes do autor, de quem a vítima já estava separada.

Leia: PM mata companheira e tira a própria vida na Cohab

Terezinha de Almeida Diniz, de 35, foi encontrada na residência onde trabalhava com sinais de golpes de arma branca na região da cabeça e pescoço. Em seguida, o corpo do autor do crime foi encontrado em outra casa. Segundo informações da delegada Viviane Azambuja, do Departamento de Feminicídio da SHPP, foram encontrados indícios, entre uma mochila com roupas limpas, de que o homem planejava fugir, mas desistiu e tirou a própria vida.

“Histórias que se repetem”

De acordo com a polícia, informações coletadas com populares indicam que Afonso teria visto a ex-companheira numa festa, neste domingo, 17, dançando com um homem que seria policial. O autor do crime não se aproximou no momento, mas teria ficado com raiva e premeditado o crime. “Ele namorou com ela durante um período e estavam terminados. São histórias que se repetem. Ele não se contenta com o término, fica seguindo, arrodeando a casa dela”, informa a delegada.

Os dois moravam no mesmo bairro, na Zona Rural de São Luís. De acordo com Azambuja, o criminoso ficou na espreita, esperando a vítima sair da residência onde trabalhava, na mesma vizinhança. “Ela saiu pra comprar uma carne, e na volta ele atacou ela com uma faca e fugiu“, relata a delegada.

Uma amiga de Terezinha que esteve no local informou à polícia que a vítima já havia sofrido agressões, mas não registrou ocorrência. A informação será averiguada pela SHPP.

A mulher deixou três filhos, de um relacionamento anterior, que moram no interior do estado. Ela morava sozinha, próximo ao ex-namorado, que também não residia com a família.

Duas viaturas foram deslocadas ao local da ocorrência assim que o crime foi denunciado. ICRIM, IML e SHPP foram acionados para acompanhar o caso e tomar as medidas legais.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS