REGIÃO METROPOLITANA

Cidade Operária é bairro com mais apreensões de armas no primeiro semestre

O CPAM II já apreendeu 84 armas na Região Metropolitana, das quais mais da metade foram tiradas de circulação na Cidade Operária e adjacências

Dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) revelam que a Polícia Militar do Maranhão já apreendeu, no primeiro semestre deste ano, um total de 84 armas de fogo na Região Metropolitana, área onde atua o Comando de Policiamento de Área Metropolitana (CPAM II).

O bairro onde mais foram efetuadas apreensões foi a Cidade Operária e adjacências, com 59 armas, seguido pelas regiões de Paço do Lumiar (16) e Raposa (09), comandadas pelo 6º, 13º e 22º BPM, respectivamente. Os números foram contabilizados até segunda-feira, 11.

No total, 340 bairros localizados em São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa são policiados e contam com ações do CPAM II. De acordo com o coronel Aritanã Lisboa, a maioria das apreensões são realizadas durante abordagens e barreiras policiais de rotina, além de operações ostensivas. Ainda segundo Lisboa, muitas das armas possivelmente serviriam para prática de ações criminosas como homicídios e assaltos.

“São desenvolvidas muitas ações preventivas e repressivas no objetivo de manter sob controle os índices da criminalidade, entre elas podemos destacar operações de abordagens policiais direcionadas ao combate qualificado do tráfico de drogas e porte ou posse ilegal de armas, operações em bares e casa noturnas, que também visam a garantia da diversão sadia, assim como, o respeito ao sossego público”, destacou o coronel Aritanã.

Apreensões passadas

Em 2017, o número de armas apreendidas pelas polícias Militar e Civil chegaram a 1.762, em todo o Maranhão. Segundo os dados da SSP, o número representa um aumento de 149% em relação a 2016, que fechou com 753 armas de fogo apreendidas.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS