Cuidado!

Quem bisbilhotar celular do cônjuge pode ser preso e pagar multa

As pessoas que forem flagradas espionando o telefone do companheiro ou companheira, serão multadas em 500 mil rials, cerca de R$ 440 mil, além de uma pena de até um ano de prisão

Na Arábia Saudita, o Ministério da Informação do país anunciou que irá punir as pessoas que ficarem espionando o smartphone do cônjuge (marido ou esposa).

As pessoas que forem flagradas espionando o telefone do companheiro ou companheira, serão multadas em 500 mil rials, cerca de R$ 440 mil, além de uma pena de até um ano de prisão.

De acordo com informações de uma rede de TV, as medidas serão aplicadas para quem espalhar para outras pessoas os dados obtidos pelo aparelho celular.
No entanto, caso o celular seja apenas acessado, sem que nenhuma informação seja divulgada, a penalidade poderá ser só uma advertência.

No fim de março, a Arábia Saudita estabeleceu uma nova lei para combater crimes cibernéticos no país.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS