Decisão

Quem ficará o bebê arremessado da ponte do São Francisco?

Criança arremessada de ponte pode ficar com parentes ou ir para um abrigo. A decisão vai depender de uma avaliação da DPCA, Conselho Tutelar e Vara da Criança

Um caso ainda sem solução e muitos capítulos pela frente. Assim é a situação do bebê, de aproximadamente 7 meses, que foi arremessado da Ponte José Sarney, no São Francisco. Apresentando problemas mentais, a mãe da criança, que está presa, deverá ser internada novamente.

A decisão caberá após avaliação do Conselho Tutelar de Paço do Lumiar (local onde reside a família da criança) Delegacia de Proteção da Criança e Adolescente (DPCA) e a Vara da Criança.

Após a decisão, a criança poderá ficar sob os cuidados de parentes (avós) ou ir para um abrigo.

Saúde da criança
Uma tumografia apontou uma pequena fissura no crânio do bebê, mas é insignificante, de acordo com os médicos do Hospital Djalma Marques, o Socorrão I, no Centro de São Luís. A criança está na unidade de saúde e deverá receber alta ainda nesta quarta.

Relembre o caso
O garotinho foi jogado, no último domingo (18), da Ponte José Sarney, no bairro do São Francisco. Ele foi resgatado por policiais militares que estavam de folga. A mãe, Karla Regina Mendes Pereira, foi detida e encaminhada para a delegacia.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS