Maiobão

Homem teria tentado arrancar os seios da ex-companheira

Além de esfaquear a ex-companheira 18 vezes dentro de casa no Maiobão, em Paço do Lumiar, suspeito teria tentado arrancar os seios da vítima

Um fato novo do “caso Girlane” foi revelado pela responsável do Departamento de Combate ao Feminicídio no Maranhão, a delegada Viviane Azambuja.

De acordo com informações, a delegada disse que, no curso das investigações, ficou comprovado que Gutemberg Matos Bezerra, principal suspeito de ter agredido a ex-companheira, Girlane Araújo Silva, 37 anos, com 18 facadas, ainda teria tentado arrancar os seios da vítima.

Depois de toda brutalidade e violência na tentativa de assassinato, Gutemberg ainda teria usado uma substância química para acelerar a morte da mulher. A delegada deixou claro que o suspeito premeditou o crime.

Até o momento quatro testemunhas foram ouvidas e outras estão em pauta para dar depoimento até o fim da semana.

Estado de saúde apresenta melhora
Apesar de ter uma melhora no quadro de saúde, a vítima Girlene Silva foi submetida a duas cirurgias e continua internada na Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) do Hospital dr. Clementino Moura, o Socorrão II. Por causa da violências dos golpes, ela teve o pulmão perfurado e luta contra uma infecção causada pela arma do crime, uma faca enferrujada.

Como aconteceu
Na última sexta-feira, Girlene silva foi esfaqueada 18 vezes, dentro da própria casa, localizada no Maiobão, em Paço do Lumiar. Girlene foi levada até o Hospital Socorrão II, onde ainda permanece internada.

O principal suspeito do crime é Gutemberg Matos Bezerra, que ainda estaria inconformado com o término no relacionamento. O casal estava separado há dois anos e tem um filho adolescente.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS