Prisão

“Primeira-dama” do tráfico é presa em operação da polícia

Operação da polícia Civil, com apoio de militares, prende mulher suspeita de comandar tráfico de drogas em várias cidades do Maranhão

Uma ação coordenada pela Polícia Civil da cidade de Araioses, com apoio da Polícia Militar, resultou no cumprimento ao mandado de prisão preventiva contra Elisabete Marques do Nascimento, de 45 anos, suspeita comandar o tráfico de drogas na região do baixo Parnaíba maranhense. Ela é conhecida na localidade como “primeira-dama” do tráfico.

Segundo o delegado Raphael Reis, a primeira-dama do tráfico teria assumido controle do tráfico de entorpecentes nos municípios de Água Doce do Maranhão, Tutóia e Araioses, logo após a prisão do marido, identificado como Valgleides Feitosa da Silva, preso em fevereiro de 2017 durante a “operação Madson”.

Ainda de acordo com o delegado, desde então, Elisabete começou a ser investigada pela Polícia Civil no intuito encontrar vestígios de sua conduta criminosa, tendo êxito nas investigações.

A prisão de Elisabete foi executada pelo setor de inteligência da SEAP e do 12º Distrito Policial de São Luís, no momento em que a mesma pretendia fazer uma visita ao marido, que se encontra preso no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS