Carnaval

8 dicas para evitar uma briga

No momento da hora da raiva, quando o sangue pulsa mais forte pelo corpo e esquenta a cabeça, difícil é controlar os impulsos

“Não brigam dois quando um não quer”. O ditado popular é antigo e parece ser um entendimento comum entre a maioria das pessoas. O problema é que, na hora da raiva, quando o sangue pulsa mais forte pelo corpo e esquenta a cabeça, difícil é controlar os impulsos. Sem controle de atitudes e sem filtro de palavras, muitas podem ser as mágoas.
Não existe uma única fórmula, já que o ser humano e as circunstâncias são diversos, mas algumas atitudes podem ser muito positivas. Veja agora 8 dicas que vão lhe ajudar a segurar a emoção e evitar uma briga.
1.       Tentar manter a calma. – Claro que diante de uma situação estressante, não é nada fácil, mas manter o tom de voz, por exemplo, pode evitar muitas brigas. Tentar repetir mentalmente “não vale à pena brigar”, “não adianta essa discussão” pode auxiliar no momento.
2.       Respirar fundo. – Procure respirar um momento, se tiver oportunidade, peça um instante para se refazer; tomar um gole de água também pode ajudar.
3.       Demonstre empatia. – Coloque-se no lugar do outro, tentando ver o ponto de vista do outro, tentando entender por que está exaltado e estressado (se assim o tiver) ou tentando avaliar o ponto de partida de seus argumentos.
4.       Tente perceber a emoção do outro. – Ao perceber que o outro está enfurecido, pode-se imaginar que esta atitude não é comum, e assim, é possível avaliar que esta emoção pode não ser da discussão atual. Compreenda e tente acalmar o outro também, tente perceber de onde vem esta emoção negativa.
5.       Expresse a sua opinião de forma branda. – Não precisa se anular, ou deixar de falar o que se pensa, mas é preciso saber esperar o momento oportuno para isso. Então, perceba quais as palavras podem ser utilizadas e o momento mais adequado para expressar a sua opinião, mesmo que o assunto já tenha sido encerrado anteriormente.
6.       Saiba pedir desculpas. – Muitas vezes nos fechamos em nossas verdade que esquecemos de olhar por outro ângulo. Assim, não existe verdade absoluta. Caso o outro tenha um ponto de vista diferente do seu, respeite.
7.       Não permaneça na briga por orgulho. – O orgulho pode machucar mais do que se imagina. Mesmo que aparentemente pareça que você perdeu a briga, posteriormente você ganha em saúde mental e ganha o respeito de outras pessoas que percebem a sua maturidade ao não discutir.
8.       Enfim, se necessário, retire-se. – Abandonar a briga pode ser um meio. Caso o outro insista, avise que você está se retirando porque escolheu não ouvir e assim o faça. Mas o faça de forma educada, sem ofender e sair. Servirá para que o outro tome seu tempo e reflita melhor. Em outra oportunidade, retome a conversa.
VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS