Prisão

Aluno é suspeito de planejar assalto à faculdade no Turu

Operação da Polícia prende quatro pessoas suspeitas de envolvimento no assalto em faculdade no Turu. Um dos detidos é aluno da instituição e teria passado informações ao grupo criminoso

A Polícia Civil da Capital, através de operação da Superintendência de Polícia Civil da Capital, (SPCC), prendeu quatro suspeitos de participação no assalto na Faculdade Pitágoras, localizada na Avenida São Luís Rei de França, no Turu.

O crime aconteceu na noite da última terça-feira (14) e duas pessoas ficaram feridas a tiros, sendo um aluno, que é policial militar e reagiu ao crime, e um dos criminosos, que foi baleado.

As investigações continuam e revelam que um dos suspeitos envolvidos é estudante da instituição. A polícia revelou que o rapaz teria passado todas as informações do local e também teria participado do crime. Todos foram encaminhados para Plantão Central do Cohatrac, onde os procedimentos de praxe foram tomados. A ação foi coordenada pelo delegado Armando Pacheco.

Identificação e articulação do crime
Os quatro suspeitos foram identificados como Elias Loureiro, de 29 anos, Denílson Diniz Pereira, de 18 anos, Jean da Conceição Azevedo, de 25 anos, e Jefferson Silva Ferreira, de 22 anos. Elias era aluno da universidade e passou todas as informações de como a segurança da instituição de ensino funcionava. Elias ficou com o Jean esperando em um carro, enquanto os Jefferson e Denílson invadiram o local para o assalto.

Jefferson confessou ter atirado no policial militar e deu detalhes da dinâmica do crime – durante a troca de tiros o suspeito levou um tiro no pé e um tiro de raspão na orelha.

Com os quatro suspeitos foram apreendidos vários aparelhos celulares, relógios e certa quantia em dinheiro. Todos foram levados para o plantão de Polícia Civil do Cohatrac.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS