Operação

Quadrilha é presa antes de explodir banco

Quatro pessoas são presas suspeitas de planejarem explodir banco na cidade de Balsas. Eles foram presos com muito material explosivo

Uma ação da Polícia Militar em Balsas culminou na prisão de quatro pessoas suspeitas de planejarem um assalto a banco na cidade, onde iriam explodir uma agência bancária.

Os policiais receberam as informações do serviço de inteligência da Polícia Militar de Minas Gerais, que uma quadrilha estava vindo para Balsas, em um Fiat Palio, e cor branca, de placas NHM-7379, com alguns especialistas em estourar caixas eletrônicos.

Com os dados em mãos, o comandante do 4º Batalhão, o coronel Medeiros, acionou o Serviço de Inteligência da PM, que em diligências conseguiram localizar o veículo e passaram a monitorar a quadrilha, durante três dias, descobrindo a casa que estavam escondidos e o provável banco que seria alvo da ação.

O comandante fez contato com Delegado Regional de Balsas, Fagno Vieira, onde iniciou troca de informações através de uma operação conjunta. O delegado representou por mandado de busca e apreensão.

Os criminosos estavam no bairro Bela Vista. Após expedição do mandado as polícias militar e civil capturaram Cairo Costa Ferreira, que tem mandado que prisão em aberto por homicídio e várias passagens pela polícia, juntamente com Thiago Rodrigues Braga, Douglas Elias dos Santos e Thiago Neves Rodrigues, mais conhecido como “Thiago Peugeot”, que tem mandado de prisão em aberto em Minas Gerais e várias prisões por explosão de bancos. Todos são de Uberlândia, Minas Gerais. Foi feita ainda a prisão de Jocélia Passos companheira do Cairo.

Na residência foram encontrados vários artefatos de explosivos e peças de metalon onde um dos envolvidos relatou que fariam os explosivos com o material.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS