6,3 toneladas

Polícia apreende cerca de R$ 11 milhões em drogas no MA

Só até o mês de setembro de 2017, a polícia já apreendeu aproximadamente R$ 11 milhões em drogas, chegando a 6,3 toneladas no estado do Maranhão

O período de janeiro a meados de setembro de 2017 já supera todo o ano de 2016 na quantidade de drogas apreendidas no estado do Maranhão.

São 6,3 toneladas no total, equivale a 139% maior do que toda a apreensão realizada no ano passado.

O alto número de 2017 se deve à grande apreensão de 3.684 kg de maconha, feita pela Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc), no dia 22 desse mês, em São José de Ribamar, região metropolitana de São Luís.

Segundo o delegado da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc), Carlos Alessandro, foram presas 341 pessoas, tanto na capital, como no interior do estado. Aumentando assim 107% em comparação a 2016 o número de prisões. “É todo um planejamento estrutural para permitir esse aumento de prisão e apreensões. Além disso, duas armas têm sido utilizadas para esse progresso, como é o caso do aplicativo WhatsApp, onde podem ser feitas denúncias, e o outro é o cão farejador”, disse o delegado. “Em uma das ações feitas pela Senarc está a erradicação de 167 mil pés de maconha no interior do estado. Nessa ação, contamos com a parceria do Comando Tático Aéreo (CTA). E a apreensão equivalente a R$ 5 milhões feita em São José de Ribamar é a maior realizada pela Polícia Civil do estado”, concluiu o delegado.

Prejuízo de R$ 11 milhões
O número cresce também no que vale a número de apreensão de armas de fogo. Durante os sete meses de 2017, as forças de segurança do estado apreenderam 49 armas, 88% a mais do que no ano passado. Em todo esse movimento, aproximadamente R$ 11 milhões é dado como prejuízo para o tráfico de drogas.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS