Brutalidade

Preso árbitro que matou homem durante jogo

Segundo informações a prisão aconteceu após contato da Delegacia de Cururupu junto às autoridades policiais do Pará, onde Kaká se encontrava

A polícia prendeu um homem identificado como Luís Cláudio Ferreira de Jesus, mais conhecido como “Kaká”. Ele é suspeito de uma assassinato, na cidade de Cururupu, onde teria agredido uma pessoa que morreu dias depois internado em um hospital.

Kaká foi preso no Pará pela Delegacia Seccional de Ananindeua. Segundo informações a prisão aconteceu após contato da Delegacia de Cururupu junto às autoridades policiais do Pará, onde Kaká se encontrava.

A vítima, Wesley Almeida, que era agente administrativo na Prefeitura de Bacuri. Ele foi agredido com um soco por Kaká, no dia 28 de julho, durante uma partida de futebol. A vítima reclamou da não marcação de uma falta, pois Kaká era árbitro da partida, momento que deu-se início a uma discussão entre as partes.

Kaká teria desferido socos contra Wesley utiliando um “molho” de chaves. Ainda segundo testemunhas, tudo foi muito rápido, não permitindo qualquer reação da vítima. Após ser atingido pelos socos, Wesley caiu desacordado. A vítima sofreu perfurações no rosto.

Ela foi socorrida por populares que estavam no local, e levado ao hospital local, de onde foi encaminhado ao hospital Santa Casa em Cururupu com traumatismo craniano e já em estado de coma, chegando a ser transferido para São Luís, mas não resistiu e morreu.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS