Violência

Duas pessoas são assassinadas brutalmente a tiros e facadas

Duas pessoas foram assassinadas brutalmente a tiros e facadas na cidade de Rosário. Os crimes acontecerem com pouca diferença de horário. Os homicídios foram cometidos a tiros e facadas

Dois assassinatos foram registrados na cidade de Rosário, distante 80km de São Luís. As duas pessoas foram assassinadas nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (9).

“Nego” é executado a bala
A primeira morte aconteceu na Rua do Fio, bairro Ivar Saldanha, por volta das 6h15. A vítima foi identificada como Claudiomar Castro da Conceição, mais conhecido como “Nego”, 26 anos.
De acordo com informações do irmão da vítima, Nego havia saído de casa e foi para o trabalho, na Pedreira Serveng, quando foi alvejado por disparos de arma de fogo.
Uma guarnição PM se deslocou para o local da ocorrência, onde foi informada por testemunhas que duas pessoas, em uma moto, passaram pela vítima já disparando. Os familiares de Nego ainda o levaram ao hospital da cidade, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

“Piolho” é morto a facadas e tiros
Cerca de 15 minutos após a morte de Nego, a PM foi informada de outro homicídio. Neuzir Marques, o “Piolho”, de 29 anos, foi morto de forma brutal, a tiros e facadas. O fato teve início no povoado Lentel, na BR-402, em Rosário.
A esposa da vítima contou à polícia, que homens invadiram a casa onde morava com Nezir, por volta das 3h. Eles agrediram e sequestraram Piolho. Minutos depois ele foi encontrado na Rua da Piçarreira, povoado Bom Tempo, com diversas perfurações provocadas por arma de fogo e arma branca, sendo atingindo na região do abdômen e pescoço.
A mulher de Piolho relatou também que a vítima havia cumprido pena no ano de 2016, por tráfico de drogas e que os assassinos estariam cobrando uma suposta dívida.
A Polícia Civil foi informada dos dois casos para as providências necessárias, como o início das investigações.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS