NÃO CUIDOU NEM DOS FILHOS

Suspeita é presa por maus tratos contra a avó

De acordo com o Ministério Público do Maranhão, a mulher foi negligente com os filhos, além de não prestar cuidados a própria avó

Uma mulher identificada como Betiene Bezerra Nunes teve a prisão preventiva decretada pela Promotoria de Justiça de Bom Jardim, por ser suspeita de negligência e maus tratos a seus quatro filhos e à sua avó, que possuía um ferimento não tratado em um dos pés. A necrose do ferimento
causou a morte da idosa.

Segundo o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e o Conselho Tutelar de Bom Jardim (CT), Betiene não fornecia as condições mínimas de higiene e alimentação à avó dela. A mulher também foi negligente com os filhos, de dez, sete, cinco e dois anos.

Betiene Nunes foi denunciada pelos crimes previstos nos artigos 133 (abandono de incapaz), 121 (homicídio doloso praticado contra a idosa), 331 (desacato contra Conselheiros Tutelares), 147 (ameaça) e 140 (utilização de elementos referentes à raça e cor, etnia, origem ou condição de pessoa idosa ou com deficiência), do Código Penal.

A denunciada também impediu a entrada dos representantes dos órgãos de fiscalização em sua residência, além de insultar racialmente e ameaçar uma conselheira. A visita somente foi possível após intervenção policial. No local, não foram encontrados alimentos, fraldas geriátricas e curativos.

A decisão foi proferida atendendo pedido cautelar formulado junto à Denúncia oferecida, em 29 de maio, pelo Ministério Público do Maranhão (MPMA). O pedido foi apresentado pelo promotor de justiça Fábio Santos de Oliveira. Proferiu a decisão o juiz Raphael Leite Guedes.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS