NEGOCIAÇÃO

Cuca esfria empolgação por Diego Souza no Palmeiras

Em entrevista o treinador disse. “Muito improvável que ele venha”, resumiu. “

O técnico Cuca usou tom pessimista para falar da negociação do Palmeiras com o atacante Diego Souza, do Sport. Em entrevista no início da tarde desta sexta-feira, na Academia de Futebol, o treinador do Verdão foi questionado sobre a expectativa de contar com o atleta, que vem negociando com o clube desde a semana passada, mas esfriou a empolgação do torcedor. “Muito improvável que ele venha”, resumiu. “É uma negociação que dificultou muito. Não teve o desfecho que a gente esperava. O Cícero (Souza, gerente de futebol do Verdão), já está de volta. Vamos trabalhar com a cabeça focada com o que temos aqui”, acrescentou o treinador palmeirense, falando sobre o dirigente que viajou ao Recife para negociar.

Ao ser questionado sobre informações que apontavam uma proximidade de acerto, Cuca manteve o discurso e foi enfático. “Só eu que não sei então. Não é verdade, pode confiar no que eu estou falando. Se fosse verdade eu diria. É um jogador que o Palmeiras manifestou interesse, mas a negociação não foi viável, até então muito improvável que ele venha. Informação que eu tive agora de manhã do Alexandre (Mattos) e do Cícero, que está aqui e não está mais lá”, completou.

A diretoria do Verdão trabalha para reforçar o plantel palmeirense para a sequência da Libertadores, principalmente para o setor ofensivo. Uma mudança no regulamento da Conmebol permite aos clubes das oitavas de final inscrever até seis novos jogadores até 48h antes da partida de volta. O Palmeiras enfrenta o Barcelona de Guayaquil em São Paulo no dia 9 de agosto.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS